• Francine Ciocchi Consultoria Sem Frescura

CONGELANDO ALIMENTOS, TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER!!


Trabalho, estudo, família, são muitos os compromissos diários. O ideal seria prepararmos alimentos todos os dias, mas, onde encontrar tempo nessa correria? Por isso mesmo, congelar alimentos prontos ou fazer comida para a semana toda é a solução,além de economizar e te ajudar a reduzir o desperdício. E para quem não sabe, essa prática pode preservar as vitaminas dos alimentos.

Vamos começar?

- Desperdícios de Alimentos no Brasil

Atualmente, o Brasil desperdiça cerca de 26,3 milhões de toneladas de alimentos por ano, enquanto uma grande parcela de pessoas passa fome. A quantidade de comida jogada no lixo poderia alimentar mais de 10 milhões de brasileiros diariamente. O desperdício começa na hora do plantio, colheita e armazenamento dos alimentos e continua dentro de casa.

De acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), grande parcela da população brasileira tem o hábito de comprar alimentos in natura (não processados industrialmente), prepara a comida em casa e acaba jogando no lixo cerca de 60% do que compra. Resultado: mais da metade do lixo produzido no Brasil anualmente é composta por restos de alimentos. Isso ocorre porque muitos alimentos são jogados fora sem necessidade. "Talos, cascas e algumas folhas têm o seu valor nutritivo e podem ser aproveitados para fazer boas refeições e bons pratos", recomenda a nutricionista da ONG Banco de Alimentos, Suzete Raimondi.


- O que nós podemos fazer para evitar ou diminuir o desperdício de alimentos

• Evite a compra de mês. Melhor realizar as compras com mais frequência, porque despensa lotada, quase sempre, acumula produto fora da validade. O hábito comum durante a inflação deve ser deixado para trás. Além de evitar o excedente, a "compra de picadinho" possibilita o consumo de alimentos mais frescos.

• Os vegetais (frutas, legumes e verduras) são perecíveis e devem ser consumidos sem muita demora. Por isso, o consumidor não deve se envergonhar por comprar esses produtos por unidade, um hábito comum nos países europeus.

• Ao buscar os alimentos orgânicos apenas em supermercados o consumidor fica mais suscetível a compra de outros itens por impulso. A compra de alimentos orgânicos por encomenda em empresas comercializadoras ou em feiras facilita o planejamento e o controle das quantidades e da variedade a ser consumida. Essa sugestão também se aplica aos alimentos convencionais.

• Sempre que possível aproveite as folhas, os talos, as cascas e sementes dos vegetais, sobretudo quando estes forem orgânicos. Estas partes podem ser refogadas e misturadas ao arroz ou entrar na composição de bolinhos fritos ou tortas assadas, por exemplo. A casca de ovo, por exemplo, é rica em cálcio e, depois de triturada, pode ser misturada à farinha de bolos ou pães. Já o vinho azedado, em vez de ir direto para o ralo, pode funcionar bem como vinagre nas saladas.

• Conserve na geladeira os vegetais preferencialmente inteiros, caso o consumo seja dentro de até 3 dias, caso contrario congele. No caso do abacaxi, por exemplo, descasque, mas não retire o miolo. Já a metade que sobrou do abacate deve ser guardada junto com o caroço. Medidas assim evitam o envelhecimento precoce do alimento.

- O que é branqueamento?
É o processo onde legumes e hortaliças são fervidos rapidamente com a finalidade de inativar suas enzimas. Se elas continuassem ativas, alterariam a cor, o aroma e o valor nutricional dos alimentos. Também ajuda a diminuir os micróbios e eliminar algumas bactérias. Esse processo ainda intensifica a cor.
- Choque térmico
Após o branqueamento é necessário colocar as verduras em água e gelo para interromper o cozimento. Dessa forma o vegetal não estará pronto para ser consumido, mas sim protegido para uma longa estocagem no freezer ou congelador. Ao ser descongelado, deve voltar ao cozimento.
Exemplo:

- Tempo para o branqueamento Legumes

Para a realização do branqueamento propriamente dito, leve ao fogo uma panela contendo água para cobrir aproximadamente 500g de vegetais. Quando a água estiver fervendo coloque no seu interior uma peneira contendo o vegetal já limpo. Evite cortar o vegetal em pedaços muito pequenos para que ele não perca muitas vitaminas. Quando a água recomeçar a ferver, contar o tempo prescrito para o branqueamento. Retire a peneira e mergulhe-a em uma bacia contendo água fria e pedras de gelo, para que o resfriamento ocorra rapidamente. Escorra os vegetais, seque-os e mais possível e embale extraindo o ar. Rotule.

- Quais legumes e hortaliças não podem ser congelados?

Tomate, rabanete e pepino não devem ser congelados. A batata, por exemplo, não pode ser congelada crua, pelo excesso de amido que contém,o que faz absorver muita água, amolecer, esfarelar e escurecer, mas pode ser congelada na forma de purê, bolinhos ou suflês. Os demais vegetais podem ser congelados, ou melhor, devem ser congelados, pois perderão muito menos nutrientes.

- Materiais necessários para o congelamento?


Embalagens flexíveis: sacos plásticos de polietileno (atóxicos), Rolopac (folhas de plástico aderente), papel alumínio, fôrmas e bandejas de alumínio descartáveis, papel impermeabilizado (parafinado ou papel-manteiga).

Embalagens rígidas: recipientes rígidos (Tupperware ou outro tipo de plástico), pirex ou louça refratária, caixas ou bandejas de isopor, potes de vidro, forminhas de gelo.

Complementos necessários: etiquetas auto-adesivas, fichas ou cadernos.

- Vantagens do Congelamento
  • Organização

  • Aproveitamento de sobras

  • Programação

  • Imprevistos

  • Economia de tempo

  • Economia de dinheiro

- Descongelamento

Do freezer para a geladeira Descongelar alimentos em temperatura ambiente, apenas tirando-os do freezer e colocando-os sobre a pia, pode ser mais rápido. Mas não é o melhor. Use a geladeira para descongelar. Programe-se com antecedência para esperar o processo acabar e, assim, a comida ficará mais protegida contra bactérias. Comidas expostas ao clima podem passar direto, em questão de minutos, de descongelada a estragada.

Não coloque produtos sob a água Isso também pode acelerar o descongelamento mas é aí que vão embora muitas vitaminas do alimento e, na grande maioria das vezes, também o sabor, pois a comida fica encharcada. Isso sem falar no desperdício de água. A melhor escolha ainda é descer o alimento do freezer para a geladeira calculando o tempo. Para carnes (que são as peças mais difíceis de descongelar), fica assim: De 3 a 5 Kg: 1 a 2 dias de geladeira De 5,5 a 7 Kg: entre 2 e 3 dias De 7 a 10 Kg: entre 3 e 4 dias

Fique longe das ferramentas Não use facas, espátulas ou martelos para quebrar as porções de comida que foram congeladas. Isso servirá apenas para destroçar filés ou legumes inocentes que, quando afinal estiverem na temperatura ideal, terão perdido forma e estrutura para cozinhar, assar ou fritar. O fogão como aliado Certos alimentos podem, sim, ir direto do freezer para o cozimento. É o caso de carnes moídas, hambúrgueres ou salsicha, por exemplo. Caldos e sopas também podem ser retirados do pote de congelamento e ir direto derreter no caldeirão. Isso não afeta suas propriedades nutritivas.

Se há pressa mesmo, apele Se o bloco gelado se recusa a voltar à vida, uma opção é utilizar a função de descongelamento do micro-ondas (leia no manual do forno o tempo ideal para cada tipo de alimento). Alguns produtos, é bom dizer, não mantém a textura, aroma ou o sabor que teriam ao descongelar apropriadamente na geladeira. A pressa traz essa imperfeição.

- Tabela Pratica do Congelado




- Congelamento Frutas


Abacate: batido ou amassado, sem açúcar, com limão.

Abacaxi: em fatias, ao natural ou em calda.

Ameixa: descascar, cortar ao meio ou pedaços, tirar os caroços, ao natural, com açúcar ou com a calda.

Amoras: inteiras, ao natural ou com açúcar

Cerejas: tire os caroços, ao natural.

Coco: aos pedaços ou ralado, ao natural ou com açúcar.

Damasco: descasque tire o caroço e corte em fatias, com açúcar ou calda.

Figos: descascados, em pedaços ou inteiros, ao natural ou em calda.

Jabuticaba: inteiras, sem lavar, ao natural.

Jaca: separe os bagos, tire os caroços, ao natural.

Laranjas e Limão: em gomos, sem peles, sem sementes, ao natural.

Maçã: descasque, retire as sementes. Ferva por 3 minutos em água e suco de limão, seque, congele com açúcar ou calda.

Manga: descasque, corte em fatias, com açúcar ou calda.

Melão: em fatias, ao natural.

Morangos: inteiros, ao natural, com açúcar ou calda.

Frutas oleaginosas: nozes, avelãs, amêndoas, etc., é só tirar as cascas e congelar em pequenas porções.

Frutas cristalizadas: só embalar em sacos de polietileno.

Purês e geléias: congelam muito bem e é uma maneira de se aproveitar frutas bem maduras em bom estado. Adoce ou não.

Sucos: todos os sucos ficam muito bons. Podem ser congelados com ou sem açúcar. Coloque em forminhas de gelo para congelar e depois de firmes acondicione os cubinhos em sacos plásticos.

Tempo de Armazenagem: de 8 a 12 meses.

- Descongelamento

A fruta deve ser consumida antes de estar totalmente descongelada, caso contrário, haverá alteração de sabor e textura. Pode ser descongelada na geladeira ou temperatura ambiente.

- Dicas finais

  • Use potes plásticos de qualidade, aqueles mais baratinhos racham ou até mesmo quebram;

  • Etiquetas para identificar a data de preparo, quantidade e o nome do alimento facilitam a vida de todo mundo;

  • Não congele alimentos diferentes na mesma embalagem, isso altera o sabor;

  • Ao descongelar um alimento, não coloque de volta no freezer, salvo em casos de produtos crus transformados em receita.

Com todas essas dicas você está pronto para aproveitar todas as vantagens dos alimentos congelados, e, principalmente conservar o poder de nutrição deles. Tudo bem que dá um trabalhinho, porém, no final das contas vai deixar a sua vida e a da sua família mais fácil, tanto que o tempo que você gastaria fazendo o almoço ou jantar poderá ser usado para descansar e para se divertir. Beijos e até o próximo post ;)

#alimentação #desperdicio #consultoriasemfrescura #semfrescura #organização #branqueamento #frutas #legumes #carnes #freezer #descongelamento

100 visualizações
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

© 2020 Todos os direitos reservados. Consultoria Sem Frescura.

CNPJ : 31.279.635/0001-01